As contraindicações de um tratamento só podem ser averiguadas após uma avaliação médica. Essa avaliação ajuda o médico a entender melhor as condições de saúde do paciente para verificar se o tratamento é indicado ou não.

Por exemplo, um paciente com doenças neuromusculares, o Botox não é indicado. Pessoas com colagenoses ativas, não podem usar os bioestimuladores.

E a diabetes quando não controlada pode colocar em risco o processo de cicatrização do peeling ou laser.

Ainda há casos de pacientes que fazem tratamentos a laser sem uma avaliação dermatológica e acabam agravando o câncer de pele, que não foi identificado antes do tratamento.

Alguns medicamentos podem aumentar o risco de hemorragias e sangramentos. Então, sim existem contraindicações para os tratamentos dermatológicos, por isso é tão importante fazer uma avaliação com um dermatologista antes de se submeter a qualquer tratamento!